quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Flores comestíveis - saiba tudo sobre


Já na Antiguidade, o uso das flores como alimento era
do conhecimento de alguns povos como, por
exemplo, a Althaea officinalis, da família das
malváceas, conhecida pelos ingleses como
marshmallow. Suas flores cor-de-rosa eram utilizadas
em saladas, e, da mucilagem das raízes, faziam
doces. Além de servir como alimento, eram também utilizadas pelo seu valor
laxativo.
Mais “modernamente”, as senhoras inglesas do tempo da rainha
Vitória serviam a seus comensais um prato sofisticado, ou seja,
pétalas de rosa cristalizadas – as pétalas eram cobertas com
clara de ovo e um pouco de água e, na hora de servir,
polvilhavam-nas com açúcar. Nos dias de hoje, a rosa é
oferecida em saladas, geléias e tortas, que apresentam um sabor
todo especial.
As flores comestíveis, além de bonitas, são servidas em saladas, como
parte componente e comestível e ainda servem como adorno para o próprio prato.
São utilizadas em pratos doces e salgados, além de serem matéria-prima para
geléias. Realçam o sabor e a aparência dos pratos nos quais são utilizadas.
Podem ser misturadas a legumes, hortaliças, ou qualquer outro componente usual
das saladas.
Existem algumas que são mais conhecidas, pois as
temos em nossa mesa quase que diariamente, como
a couve-flor, o brócolis, a alcachofra e a flor de
abóbora, conhecida popularmente em algumas
regiões como “cambuquira”.
Mas, figuram ainda como comestíveis os
capuchinhos, as rosas, as begônias, as calêndulas, os
amores-perfeitos, os crisântemos, as tulipas, as de
alfazema e as menos comuns como cravinas e
verbenas-limão.
É importantíssimo lembrar que as flores utilizadas na alimentação não são
as mesmas comercializadas em floriculturas ou gardens centers, pois estas são
cultivadas com produtos químicos. Além disso, é fundamental saber que não são
todas as espécies que podem ser ingeridas. Existem flores que apresentam
princípios tóxicos e não devem ser usadas na alimentação de forma alguma.
Exemplos disso são as violetas africanas, o copo-de-leite, o lírio,
entre outras.
As flores comestíveis devem ser adquiridas de produtores especializados,
que não utilizam qualquer tipo de agrotóxico ou tratamento químico no seu cultivo,
pois, caso contrário, poderão trazer sérios prejuízos à saúde. Flores como azaléia
e bico-de-papagaio são altamente venenosas, daí não podermos usar qualquer
tipo de flor como alimento.

Algumas flores comestíveis:

Averrhoa carambola, ou carambola: suas flores são usadas em saladas; seu
fruto é também conhecido como “fruto-estrela”, pois, quando cortado
transversalmente, tem formato de uma estrela. Podemos fazer suco para beber.
Seu suco é bom para tirar manchas das mãos e de roupas. No Brasil, foi
introduzida no estado de Pernambuco, em 1817, pois os portugueses a trouxeram
da Índia, e sua origem provável é africana. De seu fruto verde fazem-se picles.

Borago officinalis, ou borragem: as flores, quando frescas, têm um tom azul e,
quando mais velhas, passam para rosadas; sua origem é da Ásia ou do
Mediterrâneo. Usadas em saladas, formam um prato multicor e, segundo dizem, o
sabor é de pepino. Os antigos acreditavam que tinham um efeito mágico sobre o
corpo e a mente, tornando o homem alegre e feliz.

Calendula officinalis: é a popular calêndula. Suas pétalas podem ser misturadas
ao arroz, ao peixe, à sopa, aos queijos, iogurtes e omeletes, dando uma coloração
como a do açafrão; usada também como corante de manteiga e queijo.

Curcubita pepo Duchesne: é a nossa conhecida abóbora. Podemos comer suas
flores fritas, empanadas em ovo e farinha, ou ainda recheada de queijo forte, ou
ainda em sopa, especialmente a de milho.

Dianthus cayophyllus: é a nossa conhecida cravina. Suas flores podem ser
digeridas em saladas, torta de frutas, sanduíches, e ainda para aromatizar
vinagres, geléias, açúcar e vinho. Quando açucaradas, podemos enfeitar bolos.
Seu corante é muito usado em confeitaria.

Helianthus annuus, ou o famoso girassol: os botões florais são cozidos,
servidos como aspargos, e suas flores em saladas. Era cultivado pelos indígenas
no norte do México, há mais de 3.000 anos.

Capuchinha (Nastúrcio) - Uma das flores mais usadas em restaurantes finos,
que geralmente usam suas folhas e flores em saladas. A capuchinha tem um
sabor picante, que lembra o do agrião. É rica em vitamina C e, segundo os
especialistas, apresenta propriedades digestivas.

Calêndula - Esta flor acrescenta um colorido muito bonito à salada, mas o miolo
deve ser retirado na hora de comer. O uso da calêndula na alimentação não é
recente: há muitos anos ela já era utilizada por ser um bom corante para caldas e
bolos.

Amor-perfeito – Esta flor é bem versátil e bonita. Pode ser usada tanto nas
saladas como para decorar as sobremesas. Com a vantagem que podemos comer
também a decoração!

Rosa – Além do visual, a rosa acrescenta um suave perfume aos pratos que
acompanha. É muito usada para aromatizar e decorar doces com caldas e é
irresistível numa salada.

Essas flores podem ser consumidas de diversas formas, além das já
citadas. É muito comum, por exemplo, o uso de suas pétalas, para se fazer chá, o
que acontece com as pétalas do borago. Em alguns casos, além de serem apenas
alimento e ornamentação, podem apresentar características medicinais. Algumas
pétalas de flores são utilizadas, principalmente, em chás calmantes
Existem diferenças substanciais entre cada uma das flores comestíveis.
Umas dão um paladar mais exótico aos pratos, enquanto outras têm um paladar
mais agridoce sendo que todas têm aromas e texturas diferentes, é muito difícil distinguir
as flores comestíveis das ornamentais, sendo no entanto importante não as confundir.

Então, basta plantar, colher, lavar e pôr no prato !!!


Fonte:
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Agronomia
Disciplina de Floricultura
via portalverdejardim

Revista Champagne News

Nenhum comentário:

imprimir . - Caso não consiga imprimir, por favor, envie um e-mail nos informando: champagnenews@hotmail.com Agradecemos a colaboração.

Canal de TV - Revista Champagne News

Watch live streaming video from revistachampagnenews at livestream.com

Assine Grátis para receber no e-mail

Publicações Anteriores

Nossa Revista já está em mais de 152 países, obrigado à todos pelo carinho !

Este é um Satélite em tempo real

Chef Matheus Atalla - Seja Bem Vindo !

Recomendamos

Desculpem-me, faltam bandeiras mas, são Todos Bem Vindos !

Desculpem-me, faltam bandeiras mas, são Todos Bem Vindos !

Classe & Estilo na Gastonomia